StyleRanking.de – “O que acontece na tour, fica na tour” // Tradução

Vamos começar com a pergunta sobre a estreia do vosso documentário: o que é que vos fez produzir o “Hinter die Welt”?
Bill:
Chegámos a um ponto em que queríamos tirar algum tempo para contar a nossa história. Houve muitos rumores sobre nós. Falaram do porquê de eu e o Tom nos termos mudado para Los Angeles ou sobre a grande pausa que fizemos na nossa banda. Até agora estava a faltar um insight do porquê de isto tudo ter acontecido e como é que funcionamos enquanto banda. Na maior parte das entrevistas, temos um tempo limitado e não temos uma plataforma para explicarmos estas questões. É suposto o filme dar respostas sobre o que é que aconteceu ao longo dos anos. Não como uma justificação, mas como um insight – o qual é difícil de ter sobre a banda. Depois tivemos o conceito do nosso produtor Oliver Schwabe. Ainda que gostássemos de toda a coisa, ainda estávamos um pouco cépticos em deixar alguém entrar nas nossas vidas assim desta forma. Quero dizer, afinal de contas filmámos durante dois anos. A câmara seguia-nos para todo o lado, não havia tabus sequer. Isto só se tornou realidade devido ao facto de a aprovação final estar do nosso lado. Quando deixas que uma câmara entre na tua vida, nunca sabes o que é que vai acontecer ao material e podes perder o controlo do mesmo. Ler mais…

10.2017 – Revista Musikexpress // Tradução

image host image host image host

Scans da revista aqui

Músico, actor, ídolo adolescente, modelo, designer – As surpreendentes reviravoltas e de tirar o fôlego da carreira do líder dos Tokio Hotel, Bill Kaulitz, estão a ser dissecadas pelos media e pelos fãs desde o seu décimo sexto aniversário. Na sessão fotográfica em Berlim conhecemos um humano que não quer muito encaixar-se em clichés, que quer passar metade da sua vida na enxurrada de flashes da câmara e em gritos ensurdecedores, mas que ainda assim consegue permanecer autêntico e aterrado. Uma conversa sobre moda, coragem e a magia da primeira vez.

“Nunca tive um estilista ou alguém que me dissesse o que vestir”
Ler mais…

Flackernflimmern.com – Bill Kaulitz: “Dou imensas respostas nas minhas músicas (…)” // Tradução

Parte 1:

image host

“ich muss durch den monsun, hinter die welt” estas são as linhas que fizeram Bill Kaulitz e a sua banda Tokio Hotel famosa em 2005. Ao mesmo tempo, o produtor Oliver Schwabe começou a reconhecer os Tokio Hotel e ficou fascinado com eles: “o que realmente achei interessante foi que o Bill combinou todos os códigos das subculturas e, mesmo assim, tivesse lugar nos media convencionais”.
Guiado por esta fascinação, Oliver Schwabe tentou entrar em contacto com a banda. Mas falhou devido ao sucesso e à alta demanda dos Tokio Hotel: “Por essa altura, estava a trabalhar num filme e tentei contactar-te [Bill], mas não consegui”.

Hoje, 12 anos depois, Oliver Schwabe e os Tokio Hotel fizeram o documentário “Hinter die Welt” (em inglês: beyond the world), o qual estreou no Filmfestival Cologne. No contexto do painel “Beuys will be Beuys”, Bill Kaulitz e Oliver Schwabe falaram como é que construíram confiança mútua, sobre o processo de desenvolvimento e como é que usaram o filme para retratar a banda. Oliver Schwabe filmou os Tokio Hotel durante os últimos dois anos nas suas tours mundiais, no estúdio e no meio ambiente deles. Quando começaram a falar sobre trabalharem juntos, Bill convidou Oliver: “tivemos sessões no Skype e de repente o Bill disse-me: «pára de falar. Apenas vem cá. Depois vais ver o que é possível». Depois, voei directamente para o México. Cheguei à noite e voltei para o aeroporto às 6h da manhã para ver a banda chegar”. Ler mais…

14.09.2017 – Focus Magazin: Bill e Tom falam sobre política; Berlim, Alemanha // Vídeo + tradução

Já decidiste em quem é que vais votar no domingo?
Tom:
Agora queres saber em quem? *risos* Primeiramente, na CDU por causa da Angela Merkel. Acho que é extremamente importante pensar no futuro e globalmente na Alemanha. Tenho a sensação de que na Alemanha há muitas pessoas que desejam ter de volta os “bons velhos tempos”. É o que eu mais oiço. Muitas vezes é sobre dizerem que “tudo era melhor antigamente” e essas coisas assim. E eu acho que isso é difícil. Ler mais…

28.06.2017 – Entrevista Bill para Iconist.de // Vídeo + tradução

image host

Clica aqui para veres o vídeo :)

Tradução:

No guarda-roupa de Bill Kaulitz

Bill: Estes são sapatos de mulher do Marc Jacobs. Comprei-os do meu tamanho. A moda sempre foi um modo de vida para mim. E de provocação. E com isto de mulher, como disse, compro um tamanho maior. Isso tira as pessoas do sério. Estivemos recentemente em tour pela Rússia e havia muitos seguranças locais que eu sabia que se eles vissem um rapaz de salto alto, eles iriam ficar irritados. Um(a) professor(a) de dança não me queria ensinar porque eu estava a vestir roupa de desporto branca.
Mira: Fica-te muito bem. Esse modelo é para mulher ou para homem? Ler mais…

11.09.2017 – VIP Toiletten-Party (Alemanha) // Vídeo + tradução

Repórter: Existem diferenças entre homens e mulheres na casa de banho?
Bill: Penso que se se beber alguns copos as diferenças acabam. E, de um modo geral, diria que as casas de banho das mulheres são um pouco mais limpas do que as dos homens.
Repórter: Porquê? Ler mais…